Notícias

Casa Artusi: uma viagem para descobrir as raízes culinárias da Itália.

22 Fevereiro 2024

2 minutos

A alimentação como ponte entre o passado e o presente

A comida é um elemento fundamental da cultura e da identidade de um povo. Para os italianos, em particular, a culinária representa uma forte ligação com suas raízes, que muitas vezes são encontradas naqueles que deixaram sua terra natal para emigrar.

No coração da Itália, a Casa Artusi ergue-se como um farol luminoso, iluminando o caminho para as raízes culinárias italianas. Forlimpopoli, na Emília-Romanha, é o berço de Pellegrino Artusi, considerado o pai da culinária caseira italiana, autor do livro “A Ciência na Cozinha e a Arte de Comer Bem”. Sua casa, agora convertida em museu, é um lugar ideal para aqueles que querem aprender sobre a história e as tradições da culinária italiana.

No contexto da Casa Artusi, a comida torna-se um poderoso meio de conexão entre o passado e o presente. Antigas receitas de família são preservadas e celebradas, tornando-se a ponte que liga as cozinhas das avós italianas às interpretações gastronômicas modernas.

A Casa Artusi é um museu deslumbrante para a culinária caseira italiana. O passeio começa na biblioteca, onde você pode admirar uma rica coleção de livros, manuscritos e documentos sobre a história da culinária italiana. A escola de culinária, por outro lado, oferece cursos de vários níveis para aprender receitas artusianas. Essas sessões não apenas ensinam técnicas culinárias tradicionais, mas também contam as histórias por trás de cada prato, revelando segredos que fazem de cada receita um capítulo na história da culinária italiana.

Um festival para celebrar a culinária Romagna: todos os anos, em Forlimpopoli, acontece a Festa Artusiana, um evento que celebra a culinária Romagna e a influência de Pellegrino Artusi na cultura italiana. Durante o festival, as ruas da cidade ganham vida com música, shows e barracas de comida oferecendo as especialidades da culinária da Romagna, incluindo massa folhada, piadina e Lambrusco. O Festival Artusiano é a oportunidade ideal para descobrir os muitos lugares de interesse histórico e cultural em Forlimpopoli, um lugar onde a combinação de arte e gastronomia atinge sua síntese perfeita.

Outras notícias

  • 2 de julho - Dia da Emília-Romanha no mundo

    Instituído em 2022 com as alterações à Lei Regional n.º 5/2015, o Dia da Emília-Romanha no mundo visa reforçar a identidade das pessoas da Emília-Romanha que vivem no estrangeiro e reforçar as relações com a sua terra de origem. A data escolhida é 2 de julho, em memória da tragédia do navio Arandora Star, afundado […]

    CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO
  • Segunda edição do Prêmio Folco Quilici de curtas-metragens anunciada para 2024

    O prestigiado Prêmio Folco Quilici de curtas-metragens anunciou sua segunda edição, que será realizada em 2024 durante o Festival Internacional de Cinema. O evento, organizado pelo Cineclube Fedic Delta del Po em colaboração com várias instituições e organismos culturais, terá lugar nos locais evocativos de Comacchio e Ferrara. A competição contará com a participação de […]

    CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO
  • Italea: a viagem às raízes chega à Casa Artusi

    A Casa Artusi, um centro de cultura gastronômica dedicado à culinária doméstica italiana, recebe a Italea Emilia-Romagna para uma experiência de visita sobre o tema da “viagem às raízes”. Fá-lo-á na próxima sexta-feira, 28 de junho, a partir das 17 horas, com o encontro com o programa de promoção do turismo de raízes lançado pelo […]

    CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO
  • Você conhece o MIGRER?

    O Museu Virtual da Emigração MIGRER é um projeto significativo e envolvente criado pelo Conselho da Emília-Romanha no mundo. Este portal tem como objetivo conectar e preservar as histórias e experiências dos residentes da Emília-Romanha que se mudaram para o exterior, criando uma ponte entre o passado e o presente. O objetivo de eliminar distâncias, […]

    CONSULTE MAIS INFORMAÇÃO